quinta-feira, dezembro 29, 2011

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou à Justiça pelo crime de homicídio culposo,dois técnicos de segurança do trabalho, um engenheiro de segurança do trabalho


Prezados,

Para conhecer informação abaixo.

Atenciosamente,

Amanda Costa
Estagiária da Abese

Assunto: FW: O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou à Justiça pelo crime de homicídio culposo,dois técnicos de segurança do trabalho, um engenheiro de segurança do trabalho


REPASSANDO



 

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ) denunciou à Justiça pelo crime de homicídio culposo, sem intenção de matar, dez administradores e seis funcionários do Estaleiro Aliança. A denúncia descreve 14 falhas que levaram à morte do prático encanador Victor Rodrigues da Rosa, de 23 anos, no dia 14 de dezembro de 2009, segundo o MP-RJ.

 

O G1 entrou em contato com a assessoria do estaleiro que informou que só vai se pronunciar quando for notificado oficialmente.

 

De acordo com a denúncia do promotor Cláudio Calo Sousa, a vítima morreu após sofrer traumatismo craniano quando realizava uma atividade de alto risco com emprego de gás nitrogênio pressurizado. O texto da denúncia narra que durante o procedimento, no interior de um navio em construção, a abraçadeira metálica de fixação da mangueira flexível se rompeu, sendo arremessada com violência em direção à cabeça do prático.

 

Segundo a denúncia, foram denunciados pelo MP-RJ os responsáveis pelo Estaleiro integrantes dos órgãos da administração, além de dois técnicos de segurança do trabalho, um engenheiro de segurança do trabalho, um técnico naval, um contramestre de instrumentação e um meio oficial de encanador.

 

A denúncia afirma que Victor era jovem e inexperiente, com apenas cinco meses de admissão, e estava executando função diversa da que fora contratado para exercer, sem qualquer treinamento. Também menciona a ausência de ordens de serviço no local, esclarecendo os riscos, de Equipamento de Proteção Coletiva (EPC), de Permissão Especial de Trabalho (PT) e de Análise Preliminar de Riscos (APR). Além disso, segundo o promotor, o capacete tinha resistência insuficiente e, entre outras falhas, o posto de trabalho era ergonomicamente inadequado, assim como o magote utilizado.

 

"Diante das inúmeras falhas, que demonstram elevado nível de negligência e descaso com as normas de segurança do trabalho, o Ministério do Trabalho e Emprego inspecionou o Estaleiro Aliança dias após o grave acidente. A Superintendência Regional do Trabalho e Emprego em Niterói lavrou diversos autos de infração, chegando, inclusive a lavrar termo de interdição, interrompendo as atividades", disse Cláudio Calo Sousa.

 

Para o MP-RJ, houve violação ao princípio constitucional da dignidade do trabalho humano. Apesar das falhas, o Estaleiro Aliança recusou-se a assinar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Ministério Público do Trabalho para sanar os problemas, o que, para o MP-RJ, demonstra, inclusive, "a falta de comprometimento com a segurança do trabalho".

 

A denúncia foi baseada no laudo pericial do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), na fiscalização do Ministério do Trabalho e em depoimentos de testemunhas e funcionários, além das próprias versões da maioria dos denunciados ouvidos.

 

A pena para o crime de homicídio culposo, com a agravante de ter sido causado por inobservância de regra técnica de profissão, varia de um ano e quatro meses a quatro anos de prisão.

 

Para que sejam adotadas outras providências, inclusive preventivas, o MP-RJ encaminhou cópias da denúncia à Advocacia-Geral da União (AGU) e ao MP do Trabalho.

 

 

(fonte G1 - RIO DE JANEIRO)






quarta-feira, dezembro 28, 2011

SERÁ PRECISO ACABAR COM O IPHAN PARA TERMOS SEGURANÇA?


Falta de estrutura na igreja da Boa Viagem põe fiéis em risco

Diana Gomes


Há infiltrações por todo o prédio histórico

Gildo Lima /Agência TARDE


Gildo Lima /Agência TARDE
Coro da igreja está interditado, pois corre risco de desabar
Coro da igreja está interditado, pois corre risco de desabar



Uma alvorada com queima de fogos nesta terça, 27, deu início à Festa do Senhor Bom Jesus dos Navegantes e Nossa Senhora da Boa Viagem. A alegria e a fé dos religiosos contrasta com a triste condição estrutural do imóvel histórico que sediará os festejos. A tradicional comemoração, que tem como ponto alto a procissão com a imagem do Senhor Bom Jesus dos Navegantes na galeota, será realizada com risco para os fiéis. A sede da Devoção do Senhor do Bom Jesus dos Navegantes, a garagem da galeota e a Igreja de Boa Viagem, todas localizadas no bairro homônimo, estão em péssimas condições e parte da estrutura corre até o risco de desabar.

Preocupada com a situação, a presidente da devoção, Acácia Andrade, entrou em contato com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) há cinco meses para solicitar que o órgão autorizasse e acompanhasse uma obra de recuperação da sede da devoção e na garagem da galeota. “Nesse tempo venho lutando para que a festa não aconteça no risco que está nosso telhado. Nem me refiro à igreja, onde o caso é muito pior”, lamentou Acácia.

Na Igreja de Boa Viagem, a situação é de calamidade. A fachada com muitos azulejos quebrados assusta, mas nada é pior do que o interior. As pilastras, que sustentam o andar onde fica o coro, estão até hoje com as mesmas vigas de ferro da época que a igreja foi reaberta, em 2008.

Conforme contou o pároco da Nossa Senhora da Boa Viagem, Padre Adilson do Carmo, a igreja esteve fechada entre 2007 e 2008 porque corria o risco de desabar. Depois de uma avaliação, o Iphan determinou que as pilastras que ficam no interior da igreja recebessem vigas de ferro para dar maior sustentação ao andar de cima, onde fica o coro. No entanto, essa era uma medida que teria validade por um ano, ou seja, até 2009. Mas elas continuam as mesmas até hoje.

O pároco diz que o Iphan faz vistorias na igreja e mesmo assim nunca pediu que o local fosse interditado por conta das pilastras rachadas e pelo vencimento da medida de segurança provisória.

Procurado pela reportagem, o Iphan enviou respostas às denúncias por e-mail, informando que realiza vistorias anuais à igreja desde sua reabertura e que notificou diversas vezes a paróquia sobre “seu estado precário de conservação” e ainda que recomendou a adoção de providências imediatas para a solução dos problemas, mas que os proprietários do imóvel não tomaram providências. De acordo com o Iphan, em uma dessas visitas foi constatada a realização de serviços sem sua autorização.

O instituto finaliza dizendo que “é de responsabilidade da Defesa Civil do município de Salvador a avaliação da necessidade de interdição da igreja em função dos problemas apresentados”.

Em nota, a Defesa Civil de Salvador (Codesal) informou que não realizou nenhuma vistoria na Igreja Nossa Senhora da Boa Viajem em 2011. “O órgão não recebeu nenhuma solicitação por parte da administração do templo nem do Instituto do Patrimônio Histórico e Nacional (Iphan) para que a análise fosse realizada, o que é necessário por não se tratar de um imóvel público”, informou.

Burocracia - Como os três prédios são tombados, é necessária autorização e um assessoramento do Iphan para qualquer tipo de intervenção. Sem essa autorização, os devotos sustentam o telhado encaixando pedaços de madeira nos locais onde existem ripas podres e tomadas de cupim.

A presidente da devoção conta que tem limitado as atividades dentro da sede para evitar riscos. “Tentei fazer essa obra de recuperação antes da festa”, diz ela que apresentou dois ofícios protocolados pelo Iphan e que afirma ter feito inúmeros telefonemas posteriormente.

Todos os dias pela manhã é preciso remover o pó deixado pelos cupins nas cadeiras e mesas na sede da devoção.

Em resposta à denúncia da sede da devoção e da garagem da galeota, o Iphan informou que “já foi designado um técnico para efetuar vistoria no monumento, fornecendo todas as orientações necessárias à recuperação do imóvel”. O órgão não esclarece quando enviou um técnico e a presidente da devoção rebate a resposta.
“É mentira. Quero saber quem eles mandaram e quem recebeu o técnico. Eu fiz as solicitações, acho que no mínimo ele devia me procurar”, alega Acácia.

terça-feira, dezembro 20, 2011

Chamas em depósito de farmácia são controladas


20/12/2011 às 07:09
  | ATUALIZADA ÀS 12:13 | COMENTÁRIO (0)

Chamas em depósito de farmácia são controladas

Da Redação





Gildo Lima| Ag. A TARDE






Depósito da farmácia Santana foi totalmente destruído pelas chamas
--

Manoel Trajano
Eng.Especialista em Segurança do Trabalho e Gás Natural
+55-71-9155-0556/8800-7713
e-mail/Gtalk :trajanomanoel@gmail.com
Msn: engmtrajano@hotmail.com
Twitter: http://twitter.com/manoeltrajano
Site: http://segurancadotrabalhoedavida.blogspot.com
Currículo Lattes:http://lattes.cnpq.br/8895443035893319 







Gildo Lima| Ag. A TARDE






Depósito da farmácia Santana foi totalmente destruído pelas chamas

Depósito da farmácia Santana foi totalmente destruído pelas chamas

As chamas do depósito da farmácia Santana foram debeladas nesta terça-feira, 20, após mais de oito horas de incêndio na Rua Padre Casemiro Quiroga, uma via paralela à Av. Luís Viana Filho, próximo ao Condomínio Rio das Pedras, no bairro do Imbuí.

O incêndio começou por volta das 23h de segunda-feira, 19, e destruiu o depósito, repleto de remédios. As chamas chegaram a 15 metros de altura, mas não houve vítimas.

Um agente do Corpo de Bombeiros informou que houve dificuldade de apagar completamente o incêndio porque o espaço é muito grande e havia muito material inflamável no interior dele. Alguns produtos explodiram e foram parar na rua. As estruturas do prédio foram abaladas pelo fogo.

As portas de ferro do depósito foram puxadas por caminhões para facilitar a entrada dos bombeiros. Os brigadistas conseguiram evitar que alguns veículos que estavam na garagem do depósito fossem incendiados. Contudo, uma obra vizinha foi atingida.

De acordo com um funcionário do depósito, os trabalhadores foram direcionados para as unidades da farmácia mais próximas de suas residências.

A reportagem de A TARDE tentou entrar em contato com os responsáveis da empresa, mas não obteve retorno.


http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=5793616&t=Chamas+em+deposito+de+farmacia+sao+controladas

quinta-feira, dezembro 15, 2011

[sosegurancadotrabalho] Novas vagas



 

Vagas 14/12

Engenheiro de Segurança do Trabalho: RJ 

Técnico em Segurança do Trabalho: RJ

Técnico em Segurança do Trabalho: Belo Horizonte/MG

Técnico em Segurança do Trabalho: São Paulo/SP

 

www.sosegurancadotrabalho.com

Curta nossa página no facebook: http://www.facebook.com/sosegurancadotrabalho

 

Veja nossos cursos online com certificado: http://www.buzzero.com/autores/sosegdotrabalho?a=sosegdotrabalho

 

__._,_.___

quarta-feira, dezembro 14, 2011

Desabamento de lajes na Barra deixa operário morto


14/12/2011 às 13:15
  | ATUALIZADA ÀS 16:46 | COMENTÁRIO (0)

Desabamento de lajes na Barra deixa operário morto

Da Redação, com informações de Maíra Azevedo e Helga Cirino


Um operário, que está há mais de cincos horas soterrado, morreu no local


José Raimundo | Foto do Leitor
Um operário, que está há mais de cincos horas soterrado, morreu no local

O homem que ficou soterrado no desabamento de duas lajes de um prédio em obras na Rua Airosa Galvão, em frente ao Cristo, no bairro da Barra, ocorrido nesta manhã, morreu na tarde desta segunda-feira (14).

Edson Correia Soares, 59 anos, trabalhava  na demolição de um prédio antigo - construído há mais de 30 anos -, quando a construção não suportou o peso das máquinas usadas nas obras e acabou desabando. O corpo de Edson permance soterrado há mais de cinco horas.

Um engenheiro da Defesa Civil de Salvador (Codesal) contou que chegou a ouvir o funcionário da obra pedir por socorro, ainda nas primeiras horas após o desmoronamento.

Um caminhão com guincho permanece local auxiliando os profissionais do corpo de bombeiros que tentam resgatar o corpo.

A Codesal permanece de plantão 24 horas, atraés do número 199. A ligação é gratuita.

Fonte:http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=5792356&t=Desabamento+de+lajes+na+Barra+deixa+operario+morto

domingo, dezembro 11, 2011

FELIZ DIA DO ENGENHEIRO E DO ARQUITETO



-- 

Crea comemora dia do Engenheiro e do Arquiteto com premiação

Solenidade homenageia Norberto Odebrecht e marca a saída dos arquitetos do Sistema Confea/Crea
Data: 09/12/2011 Notícias > Crea-BA

Responsáveis por aproximadamente 70% do PIB brasileiro, o contingente de engenheiros e arquitetos no Brasil soma aproximadamente 700 mil profissionais. Na Bahia, são cerca de 30 mil vinculados ao Crea. Em comemoração ao dia dessas categorias, 11 de dezembro, o Conselho promove no sábado (10), às 19h, no Fiesta Bahia Hotel, homenagem ao cinqüentenário de formação dos profissionais oriundos das Escolas Politécnica e de Belas Artes da Ufba.

O evento marca a saída dos arquitetos do Sistema Confea/Crea, que a partir de janeiro farão parte do Conselho dos Arquitetos e Urbanistas (CAU). Também serão entregues as premiações aos vencedores do II Concurso de Fotografia: Acessibilidade e Inclusão Social. 

Livro do Mérito - Entre os homenageados está o engenheiro civil, Norberto Odebrecht, fundador da Organização Odebrecht, que receberá inscrição no Livro do Mérito da Engenharia. Graduado pela Ufba em 1968, entre suas principais atuações estão projetos importantes, como: o Cais de Aratu, Teatro Castro Alves e ampliação da refinaria Landulfo Alves. Atualmente o engenheiro é Presidente de Honra da Odebrecht S.A. e Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht.

Segundo dados do Confea, atualmente o País forma de 30 a 35 mil engenheiros por ano, mas a demanda é de 60 mil. De acordo com informações da Federação Nacional dos Estudantes de Arquitetura e Urbanismo (Fenea/2010), cerca de sete mil arquitetos são formados por ano no Brasil, nas 220 escolas existentes. 

O Prêmio 
O II Concurso de Fotografia: Acessibilidade e Inclusão Social envolveu três categorias: I- profissionais e estudantes do Sistema Confea/Crea, II -jornalistas e III- Livre.  Os premiados são: 
Paula Santana de Oliveira (categoria I) 
Antonio Saturnino (categoria II) 
Diego Almeida de Souza (categoria III). 


Fonte: Ascom Crea-BA

http://www.creaba.org.br/Noticia/710/Crea-comemora-dia-do-Engenheiro-e-do-Arquiteto-com-premiacao-.aspx


sexta-feira, dezembro 02, 2011

Campanha de Natal




Amigos,

 

Estamos mais uma vez terminando o ano e como a maioria de vocês sabem, faço sempre neste período uma campnha de doação de donativos para o Abrigo Irmão Gabriel para Idosos de Deus. Este ano, as doações devem ser produtos de material de limpeza, pois é o que estão necessitando neste momento.

 

Sugestão:
 

Sabão em pó

Sabão em barra

Detergente

Amaciante

Saco de lixo de 300 litros
 
CONTAMOS COM COLABORAÇÃO DE TODOS!
 
A DATA PARA ENTREGAR A DOAÇÃO SERÁ DIA 16 DE DEZEMBRO DE 2011

 

 

Grata,

 

Cristina Gomes



Se quiserem ajudar me procurem!
--

Manoel Trajano
+55-71-9155-0556/8800-7713



sexta-feira, novembro 25, 2011

ÚLTIMAS DO VAZAMENTO DE ÓLEO NO RIO DE JANEIRO

 
23/11/2011 - 21:44


Fonte: Logo-reuters

Economia

Chevron pede desculpas e diz querer seguir no Brasil

BRASÍLIA (Reuters) - A Chevron disse nesta quarta-feira ter agido com a maior responsabilidade em relação ao vazamento do campo de Frade, na bacia de Campos, e afirmou que tomará todas as medidas para que o incidente não se repita, com vistas a prosseguir operando no Brasil.

"Esperamos continuar sendo parceiros do Brasil no seu trabalho de desenvolver os seus recursos para poder fazer jus ao seu destino de se tornar uma potência energética", disse nesta quarta-feira o presidente da companhia norte-americana no Brasil, George Buck, em audiência na Câmara.

Ele informou ainda que apresentará os resultados de uma investigação ao país assim que ela for concluída, para que o problema não se repita.

"A Chevron assume a responsabilidade por esse incidente... Estamos cientes da seriedade dessa situação e assumimos nossa responsabilidade."

O executivo, que pediu desculpas "ao povo brasileiro" e ao governo do Brasil, explicou que não deixou de informar a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) adequadamente.

"Entendam que nos primeiros dias controlar a divulgação das informações foi algo muito confuso e difícil."

Ele destacou que tão logo as investigações sejam finalizadas tudo será trazido a público. "O nosso intuito é que isso jamais se repita no Brasil ou em qualquer lugar do mundo."

Buck ressaltou que a companhia agiu com "rapidez e maior segurança possível" e disse ter utilizado os recursos à disposição para controlar o problema.

REDUÇÃO DA MANCHA

O executivo da petrolífera norte-americana avaliou que a mancha de óleo na área do vazamento no campo de Frade foi reduzida e indicou que o incidente não causou danos à vida marinha.

"Tenho a alegria de dizer que no nosso sobrevoo de ontem (terça-feira) encontramos menos de 3 barris de óleo na superfície... Mas a Chevron considera que uma só gota na superfície ainda é inaceitável", declarou o presidente da companhia.

"Tenho o prazer de dizer com base nas observações que não houve dano à vida selvagem."

Na noite desta quarta-feira, a ANP decidiu suspender todas as operações de perfuração da petroleira norte-americana no Brasil, incluindo um projeto para atingir o pré-sal da bacia de Campos.

Em comunicado divulgado à noite, a Chevron confirmou a suspensão das operações pela ANP e afirmou que o tamanho da mancha originada pelo vazamento de óleo está reduzido a um barril.

"Esta suspensão não terá impacto em nossa produção no campo Frade ou em outras operações neste campo. O Frade produz atualmente em torno de 79.000 barris de óleo equivalente por dia", afirmou a empresa em comunicado.

(Por Leonardo Goy; reportagem adicional de Sabrina Lorenzi, no Rio de Janeiro)

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/economia/chevron-pede-desculpas-e-diz-querer-seguir-no-brasil

PF investiga se Chevron perfurou 500 metros além do permitido

Empresa conclui primeira etapa da cimentação do poço, porém informações dadas sobre vazamento são conflitantes

iG São Paulo | 17/11/2011 20:25




enviar por e-mail
* campos são obrigatórios
corrigir
* campos obrigatórios

A Polícia Federal investiga se a petroleira Chevron perfurou além do que estava previsto no Campo Frade, na bacia de Campos, onde um vazamento de petróleo ocorre há pelo menos oito dias. Um vazamento na sapata de um dos poços perfurados pela Chevron, na Bacia de Campos, permitiu que o óleo escapasse, afirmou hoje à Agência Estado o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Haroldo Lima. Ele está convicto de que serão aplicadas "multas pesadas" pelo acidente, mas os valores só serão definidos depois de controlado o vazamento.

O delegado da Polícia Federal Fábio Scliar, que abriu inquérito para investigar o episódio, informou que vai intimar diretores da Chevron para esclarecer "inconsistências" nas informações prestadas"Parece que eles avançaram 500 metros além do que deveriam", disse à Reuters o delegado Fábio Scliar, chefe da Delegacia de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da PF. A informação, segundo o delegado, foi dada a policiais que visitaram o local por um funcionário da própria empresa, ligado às atividades de perfuração.

O delegado afirma que a empresa não tem informado com clareza o que realmente acontece no local do vazamento."Depois da perfuração deles, abriu-se uma trinca no fundo do mar e essa trinca tem mais de 300 metros de extensão". O delegado se queixa da falta de informação sobre o que está sendo feito para fechar a fenda, de onde está vazando o petróleo.

Para Haroldo Lima, diretor da ANP, já é certo que a Chevron será multada também por outro procedimento irregular. A empresa informou à ANP o mesmo volume de óleo vazado por três dias, o que é impossível de acontecer. "Somente por isso já está certo que haverá multa", disse o diretor, esquivando-se de revelar valores.

Informações conflitantes
Em nota, a ANP afirmou que foi concluído com sucesso o primeiro estágio de cimentação do poço, para abandono definitivo. A ANP afirma que a mancha de óleo continua se afastando do litoral e se dispersando. A estimativa é que a conclusão do abandono definitivo do poço e a confirmação do sucesso das operações ocorram nos próximos dias.

Saiba mais:
O tamanho do estrago: Chevron estima vazamento de 404 a 650 barris no Brasil
Mudança de postura: Antes, empresa dizia que vazamento na Bacia de Campos era normal
Solução à vista? Chevron avalia que mancha de óleo não cresceu e se afasta da costa
Investigação: PF abre inquérito para investigar vazamento na Bacia de Campos


No entanto, a Chevron afirmou, em nota, que jamais ocorreu qualquer fluxo de óleo pela cabeça do poço – local do poço mais próxima ao fundo do mar. A Agência Nacional de Petróleo (ANP) afirmou hoje que imagens submarinas aparentemente indicam a existência de fluxo residual de vazamento. Já a nota da Chevron afirma que o monitoramento mais recente indica que o óleo das linhas de exsudação próximas do fundo do oceano reduziu-se a um gotejamento ocasional.

A empresa diz que a mancha de óleo sobre o local equivale a um volume de cerca de 65 barris. Já a ANP informara um volume estimado entre 220 e 330 barris por dia de vazamento.

No dia 8 de novembro foi detectado um vazamento em poço operado pela petroleira norte-americana Chevron. A empresa estima que o volume total do vazamento é de 400 a 650 barris. No entanto, estudo feito pela ONG SkyTruth, especializada em interpretação de fotos de satélites com fins ambientais, afirma que problema no campo Frade, na bacia de Campos, pode ser dez vezes pior do que o divulgado.

De acordo com cálculo feito pela SkyTruth, a partir de imagens de satélite, concluiu que o poço no Campo Frade já derramou cerca de 15 mil barris de óleo (2.384.809 litros) no mar, estimando que a taxa seja de 3.738 barris por dia (594.294 litros).

Leia também:
Vazamento está na rota de baleias e golfinhos, alerta secretário

A Chevron, segundo o delegado, contratou uma empresa especializada em fechar buracos no fundo do mar. A Chevron também afirmou que que segue trabalhando em estreita parceria com sua contratada de perfuração, Transocean, empresa dona da sonda que esteve envolvida no acidente do Golfo do México, em 2010.

Sem previsão de fechar
"O especialista diz que não há previsão para fechar o vazamento da trinca e eu acredito piamente nele porque diante de uma trinca de mais de 300 metros no fundo do mar a mais de 1,2 mil metros de profundidade, ele vai dizer: amanhã eu fecho?!", questionou o delegado.

Na segunda-feira, a Chevron admitiu que as atividades de perfuração na região podem ter provocado a fenda de onde o petróleo está vazando, após reportagem da Reuters.

A Polícia Federal abriu inquérito para apurar possível negligência da Chevron no tratamento do vazamento.

Em resposta à ação da Polícia Federal, a petroleira norte-americana disse que "continua informando e cooperando integralmente com as agências do governo brasileiro como parte de sua resposta ao incidente".

A Chevron afirma que a produção não foi afetada. As atividades de produção foram mantidos inalteradas no campo Frade durante o incidente de exsudação. As operações de produção têm sido monitoradas continuamente para assegurar que as instalações não estejam contribuindo para mancha de óleo. O volume diário de produção é de aproximadamente 79.000 barris de óleo equivalente.

(Com informações da Reuters e da AE)

Fonte: http://ultimosegundo.ig.com.br/ciencia/meioambiente/pf-investiga-se-chevron-perfurou-500-metros-alem-do-permitido/n1597372922490.html

27 de Novembro: Dia do Eng. e Tec de Seg do trabalho





terça-feira, novembro 22, 2011

I SEMINÁRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO - JACOBINA-BA



Estamos realizando o I SEMINÁRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO em Jacobina, que será realizado nos dia 28 e 29/11/2011 das 19h às 22h. O INSTITUTO BAIANO PROFISSIONALIZANTE - IBP, é um curso técnico que atualmente oferece os cursos: Segurança do Trabalho e Mineração.

 Em 2012 outros 5 cursos serão disponibilizados pelo Instituto.

Segue abaixo informações do Seminário.


I SEMINÁRIO DE SEGURANÇA DO TRABALHO DE JACOBINA:

 

PROGRAMAÇÃO:


DATA: 28/11/2011 das 19h às 22h

19:00h - Tema: Gestão em SST: Novos e Antigos Desafios.

20:30h - Tema: Um novo olhar sobre acidente de trabalho - análise e prevenção.


DATA: 29/11/2011 das 19h às 22h

19:00h - Tema: Insalubridade e Periculosidade: Demonstrações Ambientais e Agentes Nocivos. Envolvidos.

20:30h -Tema: Qualidade de Vida nas Empresas: Dificuldades e Possibilidades.


A escolha dos temas foi bastante criteriosa de acordo com a realidade local e regional.


Todos os participantes inscritos receberão certificado.


INSTITUTO BAIANO PROFISSIONALIZANTE
(74) 3621-9997 / 9124-6000


domingo, novembro 20, 2011

Noticias SengeBA





Caso não consiga visualizar a mensagem abaixo, acesse este link

 

 

DESTAQUES

 


 

 

Avanço institucional não reflete na realidade das cidades brasileiras

A declaração de Ermínia aconteceu no dia 11 de novembro de 2011 , às 9h, durante a Sessão Especial dos 10 Anos do Estatuto da Cidade. Urbanista foi homenageada com título de cidadão baiana. LEIA MAIS

 


Urba [11] - Direito à Cidade é tema urgente na Bahia

No último dia 17 (quinta-feira) foi realizada a abertura do Seminário: Urbanismo na Bahia [11] Direito à Cidade/Cidade do Direito, mais uma iniciativa em prol da qualidade de vida nas cidades baianas. LEIA MAIS


O engenheiro Marco Antônio Amigo é o novo presidente do CREA-BA

Resultado oficial ainda não foi divulgado, mas com cerca de 1500 votos, Amigo é apontado como novo presidente do Conselho Regional.

LEIA MAIS

 

 

SENGE-BA agora está no Facebook

O sindicato já tem o seu perfil na rede social mais aderida do momento: o Facebook. Procure Sindicato Dos Engenheiros e compartilhe notícias e comentários das notícias, opiniões dos mais diversos temas da área.

 

ÍNDICES, CONCURSOS E VAGAS DE EMPREGO


VAGAS DE EMPREGOS
CONCURSOS PÚBLICOS
ÍNDICES DA CONSTRUÇÃO CIVIL





segunda-feira, novembro 14, 2011

Você sabe de alguma construção que ameaça desabar em Salvador? Onde ela fica?

Você sabe de alguma construção que ameaça desabar em Salvador? Onde ela fica? 

Susto


14/11/2011 às 17:32
  | ATUALIZADA ÀS 23:21 | COMENTÁRIO (0)

Carreta atropela e fere quatro pessoas na BR-324

Juliana Brito

Erik Salles/Agência A TARDE
Carreta bateu no meio-fio, saiu da via principal e cruzou o canteiro, atingindo os operários
Carreta bateu no meio-fio, saiu da via principal e cruzou o canteiro, atingindo os operários

A colisão de um caminhão com duas pick-ups usadas pela concessionária Via Bahia deixou quatro trabalhadores da empresa feridos na tarde desta segunda-feira, 14. O acidente ocorreu no km 615 da BR-324, sentido Feira de Santana-Salvador, por volta de 14h.

O caminhão invadiu o acostamento onde os trabalhadores se encontravam, colidindo com uma das pick-ups, na qual duas das vítimas estavam. O veículo atingido chocou-se com a segunda pick-up, ferindo outras duas pessoas.

As vítimas Elias Oliveira, Reginaldo Moreira e Donizete Feitosa foram conduzidas por veículos da própria Via Bahia e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital do Subúrbio. O motorista da primeira caminhonete, Antônio Carlos dos Santos, foi levado ao Hospital Geral do Estado (HGE) com ferimentos na cabeça.

Não há informações sobre o estado de saúde das vítimas, mas de acordo com um agente do posto da Polícia Rodoviária Federal de Simões Filho que esteve no local do acidente, apenas Donizete Feitosa teve lesões mais sérias.

"Ele foi parar debaixo do caminhão, foi jogado em uma vala - não ficou preso à roda, não suportou nenhum peso. Um guincho que estava passando pela rodovia nos ajudou a levantar um pouquinho o caminhão para que ele pudesse ser retirado. Ele ficou com a cabeça ferida devido ao atrito com o chão. Os outros tiveram apenas algumas suspeitas de fraturas", conta o agente Santos.

Segundo o policial, o motorista do caminhão, Daniel Oliveira dos Santos, de 31 anos, havia há pouco saído de uma oficina mecânica, antes de invadir o acostamento. O condutor foi submetido ao teste do bafômetro e estava sóbrio. Segundo a Polícia Rodoviária, ele dirigia o veículo dentro da velocidade permitida pela via.

Sóbrio - Daniel Oliveira dos Santos prestou depoimento sobre o caso na 8ª Delegacia Territorial (DT/Aratu), na noite desta segunda.

De acordo com informações da delegacia, o motorista afirmou que uma das pick-ups estava saindo do acostamento no momento da colisão. Os outros envolvidos no acidente negam o fato e afirmam que ambos os veículos estavam parados.

Leia reportagem completa na edição impressa do Jornal A Tarde desta terça-feira, 15, ou, se você é assinante, acesse aqui a versão digital.


Fonte: http://atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=5784538

sexta-feira, novembro 04, 2011

LEI 12534/2011 ANUIDADES E TAXAS





Prezados,

Segue abaixo e em anexo informação sobre LEI 12534/2011 ANUIDADES E TAXAS, para conhecimento de Todos.

Atenciosamente,

Amanda Costa
Estagiária da Abese



 

Senhores Dirigentes de Entidades,

 

 

Finalmente concluímos, exitosamente, a luta pela definição em lei dos valores de taxas e anuidades devidas aos Conselhos Profissionais com a sanção pela Presidenta Dilma Rousseff da Lei 12514/2011 (anexo).

Estão criadas as condições de planejamento e de segurança jurídica para a garantia da sustentabilidade de nossos Conselhos, cabendo ao Colégio de Presidentes e ao Confea trabalharem para fazer os devidos ajustes internos nas receitas dos Conselhos de forma a consolidar a nossa existência enquanto Sistema Profissional.

A ART passa ter o valor máximo de R$ 150,00 (cento e cinqüenta) reais.

A referida lei está publicada no DOU desta data, 31/10/2011, Seção 1, pag. Nº 1.

 

Atenciosamente,

 

Renato dos Santos Andrade

Assessor Parlamentar – CREA/BA





quinta-feira, novembro 03, 2011

Criança Segura - Prevenção de acidentes com crianças






Se você não conseguir visualizar esta mensagem, acesse este link
    Proteger quem a gente ama é muito importante, e por isso a CRIANÇA SEGURA desenvolveu um curso que vai ensinar a prevenir acidentes e proteger as crianças de riscos como atropelamentos, sufocações, quedas, queimaduras e outros.

    Sobre o Curso

    • Realizado totalmente pela internet;
    • Inclui atividades lúdicas para interação com a criança;

    Este curso é destinado a:
    • Pais, avós, tios, babás e todos aqueles que cuidam de crianças e desejam aprender como prevenir acidentes.

    Como participar:
    Inscrições:
    de 29 de Agosto a 16 de Setembro
    Início do curso:
    19 de Setembro
    Carga horária:
    20 horas
    Vagas:
    200

 


Para garantir que nossos comunicados cheguem em sua caixa de entrada,
adicione o e-mail
eadpais@criancasegura.org.br ao seu catálogo de endereços.



quarta-feira, novembro 02, 2011

EDITORIAL DE FINADOS

É tão triste ver que todo feriado as pessoas morrem nas estradas. Fazem as mesmas coisas,bebem e dirigem. Na chuva então a coisa piora. Ver carros caídos em canais (e não valas como disse a Tv Bahia agora a noite) mesmo sem vitimas é desanimador falar em prevenção e mudança de atitude.É da índole do ser humano destruir e se autodestruir.Tem que vir da escola estes ensinamentos básicos pois a criança cresce vendo as outras pessoas fazendo errado.Falar em playboyzinhos destruindo carrões e mutilando pessoas inocentes é lamentável.E ainda tem a lei que libera com fianças e solta.Triste,muito triste.

Manoel Trajano
Eng.Civil,especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho e Gás Natural

segunda-feira, outubro 31, 2011

VOTAÇÃO PL 042/2011


Prezados,

Para conhecer informação abaixo.

Atenciosamente,

Amanda Costa
Estagiária da Abese

---------- Mensagem encaminhada ----------
De: Renato dos Santos Andrade <renato@creaba.org.br>
Data: 24 de outubro de 2011 09:52
Assunto: VOTAÇÃO PL 042/2011

Prezados,

Mais uma vez foi pautado o PL 042/2011 para a reunião da Comissão de Educação, Cultura e Esporte – CE do SENADO na próxima terça feira, 25/10/2011.

O referido PL, na forma como foi aprovado na Câmara dos Deputados (PL 2827/2008) acaba com o SMP aprovado pela Lei 4950-A/66.

Estamos trabalhando na perspectiva de rejeição do PL 042/2011 pelo SENADO, conforme parecer do relator, Senador Álvaro Dias.

O CREA/BA já encaminhou ofício aos senadores Walter Pinheiro e Lídice da Mata e fez contato pessoalmente com os mesmos solicitando apoio para a rejeição do referido PL na CE.

Após análise na CE o PL 42/2011 seguirá para a Comissão de Assuntos Sociais – CAS onde tramitará em caráter terminativo.

Atenciosamente,

Renato dos Santos Andrade

Assessor Parlamentar – CREA/BA

SENADO FEDERAL

SECRETARIA-GERAL DA MESA

SECRETARIA DE COMISSÕES

1ª SESSÃO LEGISLATIVA DA

54ª LEGISLATURA

Em 25 de outubro de 2011

(terça-feira)

COMISSÃO DE EDUCAÇÃO, CULTURA E ESPORTE

58ª Reunião Ordinária da Comissão de Educação, Cultura e Esporte, da 1ª Sessão Legislativa Ordinária da 54ª Legislatura, a realizar-se em 25 de outubro de 2011, terça-feira, às 11:00 horas, Ala Senador Alexandre Costa, Sala 15.

PAUTA DE 25/10/2011

Endereço na Internet: http://www.senado.gov.br/sf/atividade/comissoes/default.asp?origem=SF

Informações: Secretaria-Geral da Mesa - Secretaria de Comissões

Documento gerado em 20/10/2011 às 18:10h.

ITEM 1

- Não Terminativo -

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 79, DE 2011

Documento gerado em 20/10/2011 às 18:10h.

ITEM 5

- Não Terminativo -

PROJETO DE LEI DA CÂMARA Nº 42, DE 2011

Altera dispositivos da Lei nº 4.950-A, de 22 de abril de 1966, que dispõe sobre a remuneração de

profissionais diplomados em Escolas de Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária,

para estender sua aplicação aos diplomados em cursos de tecnologia nas respectivas áreas.

Autoria: Deputado Vicentinho

Relatoria: Senador Alvaro Dias

Relatório: Pela rejeição

Observações: 1- Matéria terminativa na Comissão de Assuntos Sociais

Textos disponíveis:

Texto inicial

Avulso da matéria

Na Comissão de Educação, Cultura e Esporte

Relatório